Se junte à conversa

8 comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Oi, Aline. Fico feliz de poder estar ajudando com essa postagem.O TDAH por ser uma doença com determinação genética bem definida, é muito comum ter vários membros da mesma família com esse diagnóstico. É muito comum atender crianças e adolescentes que ao explicar sobre os sinais e sintomas, os pais se identificam muito. Como também, acontece o contrário, o pai vem pedir ajuda porque está tendo ansiedade ou depressão pelo prejuízo da função executiva do TDAH que não sabia ter e, que se trata e ele sinaliza o mesmo quadro no filho.

    Curtir

  2. Dra.Elizabete,Bom dia!Estou me conhecendo, através de meus filhos.E agora começo a minha busca por mim mesmo,vendo sua entrevista sobre TDHA em adultos me abriu ainda mais meus e olhos e principalmente meu coração.Passa um filme….. obrigada, por me ajudar a colocar nomes a sentimentos…

    Curtir

  3. Doutora! A Senhora como sempre, dando uma vedadeira aula. Linda como sempre. Sua elegância é de fazer inveja. Sua voz tranquila e suave, respondeu com todos os detalhes da entrevista, os seus conhecimentos sobre o TDAH em adultos. Por tudo isso é que eu posso dizer sem medo de errar, que a Doutora Elizabete G.M.Possidente, é a \” MELHOR MÉDICA PSQUIATRA \”, desse imenso Brasil. Parabéns Doutora!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: