Contribuindo com um Mundo Melhor

 Apesar de ser um blog que comento sobre diversos temas referentes à saúde mental, resolvi também divulgar sobre a importância do descarte correto de medicamentos vencidos e das embalagens de remédios. Você pode pensar, inicialmente, que não tem associação com o tema central do meu dia a dia do consultório que é de saúde mental. Mas sim, tem tudo haver.
Escuto com muita frequência sobre a insatisfação com o mundo. Atendo muitos que gostariam de fazer algo para um mundo melhor, mas acreditam não ter tempo ou dinheiro. Ou ainda tem a falsa ideia de que sua ação não fará diferença. Porém toda pequena ação é importante para fazer a diferença.
O nosso Brasil é o sétimo país que mais consome medicamentos no mundo. Aqui não há ainda uma legislação referente ao descarte de medicamentos pessoais vencidos ou sem uso. Existem apenas algumas leis para clínicas e hospitais. O descarte incorreto de medicamentos traz grandes riscos à saúde e ao meio ambiente.
Nos lixões, crianças e animais consomem essas substâncias potencialmente tóxicas propositalmente ou acidentalmente por se misturar a restos de alimentos.
Também é um problema para o meio ambiente. Esses medicamentos formam “micropolientes” mesmo quando são descartados nos vasos sanitários.
O pior é que as pessoas não sabem o mal que estão fazendo ao meio ambiente ao descartar embalagens e medicamentos sem uso ou vencidos no lixo comum ou nos vasos sanitários.
O dano ambiental já ocorre com parte da urina e fezes que são excretados com as substâncias que tomamos.
O mesmo ocorre com os medicamentos de uso veterinário que também contaminam o meio ambiente na mesma proporção.
O destino desses medicamentos são os aterros, lixões, estações de tratamento de água/esgoto, corpos d’água e solo.
Portanto, uma forma de nos sentirmos produtivos na construção de um mundo melhor é termos esse cuidado em seu descarte.
O descarte apropriado das embalagens de remédios e de medicamentos vencidos é uma forma de contribuirmos para um mundo melhor e mais sustentável. Uma maneira que não gasta muito tempo da correria do dia a dia, não onerosa, facilmente alcançável a todos.
Para ajudar, é simples. Só você juntar as embalagens dos medicamentos que faz uso e quando for à farmácia, descartar na máquina de reciclagem.
Abaixo está a foto da máquina que tirei na farmácia em frente ao meu consultório e onde faço os meus descartes dos medicamentos usados por mim e por minha família.
Adote essa ideia!

Se junte à conversa

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: