Escolhi hoje falar sobre Transtorno Bipolar porque observo que se trata de uma patologia que vem se agravando por falta de conhecimento da doença e da necessidade de tratamento regular. De forma que passou a ser a sexta maior causa de afastamento no trabalho da OMS. Também está muito associado a diversos conflitos nos relacionamentos de uma forma geral.

O Transtorno bipolar acomete homens e mulheres. Inicia-se na adolescência e em adultos jovens, podendo também acometer crianças.

Não se trata de desvio de caráter ou falha de educação, é uma doença e, normalmente algum familiar tem.

A atenção a esses pacientes deve ocorrer sempre, mesmo quando eles se acham bem e que não se sentem doentes.

Este grupo tem 30 vezes mais chances de suicídio de que qualquer outra pessoa.

Publicado por Elizabete Possidente

Formou -se em Medicina em 1994. Foi médica residente do Instituto de Psiquiatria da UFRJ de 1995 a 1996. Defendeu Mestrado em 1997 a 1999 pelo Departamento de Psiquiatria do Instituto de Psiquiatria da UFRJ. Durante muitos anos foi supervisora de Psiquiatria pela Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro. Foi médica perita em Psiquiatria no Manicômio Heitor Carrilho pela Vara de Execuções Penais da Secretaria Estadual de Justiça. Foi médica Psiquiatra e perita em Psiquiatria pelo Ministério da Defesa no Hospital Central do Exército e pela Auditoria Militar. Foi médica Psiquiatra e chefe do serviço de Saúde Mental da Policlínica Newton Alves Cardoso. Tem diversos artigos publicados em revistas médicas. Diversos trabalhos publicados em congressos nacionais e internacionais. Está sempre se atualizando e participando de eventos médicos nacionais e internacionais em Psiquiatria.

Se junte à conversa

4 comentários

  1. Convivi com um irmão bipolar e sei bem o tanto de sofrimento esse mal pode trazer às famílias ! Meu irmão foi uma vida desperdiçada . Muito inteligente,estudou e chegou a se formar em Odontologia na UERJ ,na ocasião a melhor universidade de Odontologia do estado.Foi uma vida muito sofrida, sempre alternando períodos de depressão e euforia.Ele já é falecido
    Sônia Pache de Faria, cliente da Dra. elizabete@possidente.org

    Curtido por 1 pessoa

    1. Sônia, com o tratamento psiquiátrico e psicoterápico adequado o paciente com Transtorno bipolar tem uma boa qualidade de vida. Muitos tem um quadro com muitas recidivas devido a ausência do tratamento adequado , presença de outras comorbidades e abandono do tratamento.

      Curtir

      1. Com certeza é triste o que D. Sonia passou. Por isso, é muito importante divulgarmos que tem tratamento o Transtorno bipolar. Tratamento psiquiátrico , psicoterapia e psicoeducação são estratégias que levam o paciente a ter qualidade de vida.

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: