AVC: O que é? Como prevenir?

O AVC (Acidente Vascular Cerebral) é a doença que mais mata no Brasil e a que mais incapacita no mundo. A cada seis segundos uma pessoa morre de AVC. Cerca de 70% dos pacientes com AVC não conseguem retornar às suas atividades trabalhistas e 50% se tornam dependentes de um cuidador. Apesar desses números a maioria das pessoas não tomam medidas necessárias para prevenir o AVC por falta de informação. Cerca de 90% dos casos poderiam ter sido evitados se adotadas medidas de prevenção.

O AVC acontece quando subitamente há uma redução acentuada ou privação de sangue para uma área do cérebro, fazendo com que as células não recebam nutrientes e oxigênio. Também pode ocorrer quando um vaso se rompe, ocasionando uma hemorragia cerebral. Existem dois tipos de AVC:  o acidente vascular isquêmico e o acidente vascular cerebral hemorrágico.

Os sintomas mais comuns são:

  • Fala: dificuldade em falar, fala arrastada
  • Visão:  perda súbita de visão em um olho, visão dupla ou embaçada, movimento rápido involuntário dos olhos
  • Motora: incapacidade de coordenar movimentos, instabilidade, paralisia de um lado do corpo, fraqueza muscular
  • Sensorial:   formigamento, redução da sensibilidade de um lado
  • Cognição: confusão mental, incapacidade de entender ou de falar
  • Geral: tonteira, vertigem, dificuldade em engolir

Quanto mais cedo for tratado o paciente com AVC melhor será o seu prognóstico.

Na maioria dos doentes o AVC poderia ter sido prevenido. Para isso é importante conhecer os fatores de risco para o surgimento do AVC para que todos possam eliminar ou atenuar essas situações em sua vida.

  • Sedentarismo
  • Sobrepeso, obesidade
  • Má alimentação
  • Uso de drogas
  • Ingesta abusiva de álcool
  • Diabetes mellitus
  • Hiperlipidemia
  • Hipertensão arterial
  • Tabagismo
  • Alguns tratamentos com anticoncepcionais em mulheres com outras vulnerabilidades
  • Arritmias cardíacas

Nesta semana está viralizando uma campanha na internet sobre a prevenção do AVC, onde um vídeo mostra caso real de um professor de yoga, em uma aula ao vivo pela internet com uma aluna, quando sofre um AVC. 

Publicado por Elizabete Possidente

Formou -se em Medicina em 1994. Foi médica residente do Instituto de Psiquiatria da UFRJ de 1995 a 1996. Defendeu Mestrado em 1997 a 1999 pelo Departamento de Psiquiatria do Instituto de Psiquiatria da UFRJ. Durante muitos anos foi supervisora de Psiquiatria pela Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro. Foi médica perita em Psiquiatria no Manicômio Heitor Carrilho pela Vara de Execuções Penais da Secretaria Estadual de Justiça. Foi médica Psiquiatra e perita em Psiquiatria pelo Ministério da Defesa no Hospital Central do Exército e pela Auditoria Militar. Foi médica Psiquiatra e chefe do serviço de Saúde Mental da Policlínica Newton Alves Cardoso. Tem diversos artigos publicados em revistas médicas. Diversos trabalhos publicados em congressos nacionais e internacionais. Está sempre se atualizando e participando de eventos médicos nacionais e internacionais em Psiquiatria.

Se junte à conversa

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: