A insônia está cada vez mais frequente em meus pacientes.

Ao deparar com essa queixa alguns aspectos são importantes na avaliação do melhor tratamento para esse paciente que sofre de insônia. Os mais importantes na avaliação da insônia são (inicial, gradual ou repentina).

Sintomas:

•Sono não reparador.

•Dificuldade para iniciar o sono.

•Despertares noturnos (Número e tempo dos despertares noturnos).

•Despertar precoce.

Duração: Dias, semanas, meses ou até anos.

Circunstâncias:

•Fatores estressores.

•Uso de álcool ou outras drogas.

•Alterações na saúde.

•Mudanças estilo de vida.

•Mudanças para trabalho por turno.

Condições do pré-sono:

•Ambiente do quarto.

•Alimentação prévia.

•Atividade pré sono com eletrônicos.

•Emocional pré-sono: preocupação se vai ou não dormir, aborrecimentos.

Condições do sono:

•Dorme e acorda no mesmo horário.

•Vai para a cama com sono.

•O que faz quando desperta na noite (come, vai ao banheiro, mexe no celular).

Condições do dia:

•Cansaço / sonolência.

•Memória / atenção.

•Mudanças de humor.

•Prolonga tempo na cama ao acordar, se utiliza de “soneca” do alarme.

•Cochilos durante o dia.

•Rotina de acordar no mesmo horário.

•Medicamentos em horários regulares.

•Padrão alimentar à noite.

•Atividade física regular de dia ou à noite.

•Banho de sol.

Uso de Substâncias:

•Medicamentos prescritos por balconista ou amigos.

•Medicamentos prescritos por médico após avaliação da insônia.

•Uso de álcool ou outras substâncias.

Condições que influenciam o sono:

•Roncos, apneia.

•Bruxismo, trismo.

•Refluxo gastroesofágico.

•Incontinência urinária.

•Síndrome das pernas inquietas.

•Dores crônicas.

•Chutes, contrações.

•Sonambulismo.

Curso:

•Agudo.

•Crônico.

•Recorrente (se recorrente, tratamento anterior).

Gravidade:

•Frequência.

•Intensidade.

•Impacto durante o dia.

Publicado por Elizabete Possidente

Formou -se em Medicina em 1994. Foi médica residente do Instituto de Psiquiatria da UFRJ de 1995 a 1996. Defendeu Mestrado em 1997 a 1999 pelo Departamento de Psiquiatria do Instituto de Psiquiatria da UFRJ. Durante muitos anos foi supervisora de Psiquiatria pela Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro. Foi médica perita em Psiquiatria no Manicômio Heitor Carrilho pela Vara de Execuções Penais da Secretaria Estadual de Justiça. Foi médica Psiquiatra e perita em Psiquiatria pelo Ministério da Defesa no Hospital Central do Exército e pela Auditoria Militar. Foi médica Psiquiatra e chefe do serviço de Saúde Mental da Policlínica Newton Alves Cardoso. Tem diversos artigos publicados em revistas médicas. Diversos trabalhos publicados em congressos nacionais e internacionais. Está sempre se atualizando e participando de eventos médicos nacionais e internacionais em Psiquiatria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: