Autora: Elizabete Possidente

Muitas crianças autistas têm dificuldade em falar ou pedir para ir ao banheiro. Recomendo que o desfralde comece pela fralda do dia e por último a noturna.

Quando as crianças demonstram que estão evacuando, como por exemplo, ficam quietas ou se agacham para fazer o coco é o momento ideal para o início do desfralde. Nesse momento sabemos que a criança atingiu maturidade do sistema nervoso central (SNC) para controlar os esfíncteres envolvidos na micção e evacuação.

Se estão espaçando o intervalo entre os pipis é outro fator que contribui para o acerto no momento do desfralde da criança. Crianças que conseguem permanecer cerca de 3 horas com a fralda seca geralmente são aquelas que estão prontas para serem desfraldadas.

Deve-se também verificar se a criança não apresenta medo ou resistência de   se sentar no vaso sanitário. Se tiver medo deve primeiro levá-la a sentar no vaso brincando, contando história ou utilizando os eletrônicos que ela gosta. Assim relaxará no vaso e perderá o medo. Como as crianças com TEA são muito visuais sugiro ter um cartão com uma figura de uma criança no banheiro. Combina com ele que sempre que tiver vontade de ir ao banheiro mostre o cartão ao responsável para ajudá-lo. Explique para a criança que é necessário tirar a roupa e se sentar no vaso.

Quando fizer xixi ou coco no vaso sanitário, os responsáveis devem sempre comemorar. Assim a criança entenderá que esse é o comportamento esperado.

Nesse processo de desfralde, os pais devem a cada 20 a 30 minutos levá-la a se sentar no vaso sanitário. O cartão com a figura de uma criança no banheiro deve estar fácil de encontrá-lo lo na casa. Inicialmente os pais ao conduzir o filho ao banheiro, peça para que pegue esse cartão. Diga que estão indo ao banheiro igual a criança do desenho.  O responsável segura  a criança pela mão para passar segurança  e no banheiro peça para que o entregue o cartão.

Depois de várias vezes, comece a pedir a ela para que ela mesmo pegue a figura porque vocês estão indo ao banheiro.

Com o tempo, ela mesmo terá a iniciativa de pegar a figura e entregar aos pais quando sentir vontade de ir ao banheiro.

Crie um quadro de rotina – nesse quadro de rotina inclua as atividades e as pausas de banheiro.

Crianças com TEA adoram rotina por se sentir mais segura ao ter domínio do que a espera.

Quando for trocar a fralda, peça para sentar no vaso e depois coloque a fralda.

Escapes sempre  ocorrem com qualquer criança. Por mais que  incomode aos responsáveis não demonstre irritabilidade ou brigue com a criança. A criança pode encarar esse chamado dos pais como uma forma de ter maior atenção e repetir esse comportamento.

Sempre que ocorrer escape de pipi ou coco dar a menor atenção possível.

O ideal da fralda para dormir é colocar depois que ela adormeceu. Seguem  recomendações para esse processo de desfralde:

• Não inicie desfralde se a criança ainda não atingiu maturidade.

• Analisar com o pediatra se alguma condição física pode estar presente que dificulte esse processo, como, infecção urinária ou mal formação do aparelho urinário. Se presente, tratar ou atenuar essa condição clínica primeiro.

• Permita que veja os irmãos ou pais indo ao banheiro, sentado no vaso. Criança aprende muito por imitação.

• Dê preferência ao vaso sanitário, em vez de penico. Não esquecer do redutor de assento e, se for preciso de um banquinho para funcionar como degrau. A criança precisa se sentir segura e confortável.

• A criança com TEA tem dificuldade de mudanças de hábitos. Se o costume for no penico poderá haver problemas para passar para o vaso sanitário. Lembre-se que fora de casa não haverá penico.

• Tente o desfralde no verão porque no inverno tendem a urinar mais.

• Retire primeiro a fralda do dia. Quando estiver mantendo sem fralda de dia, retire da noite.

• Os responsáveis não podem demonstrar medo de iniciar o processo porque se eles percebem insegurança ou tensão, eles internalizarão como algo negativo  e irão se esquivar desse momento.

• Sempre o processo de desfralde é sentado, mesmo para os meninos. Depois que esteja dominando esse controle, permita ele observar como o pai ou o irmão faz o pipi de pé. Depois ele mesmo por imitação passará a querer fazer de pé.

• Festeje imediatamente ao conseguir usar o vaso sanitário. Reforce positivamente esse comportamento.

• A cada hora leve-o ao banheiro e o se senta por 3 a 5 minutos no vaso. Muitas vezes ao sair do vaso consegue fazer quase que imediatamente, não o recrimine.

• Compre cuecas ou calcinha divertidas, do personagem que aprecia. Isso é um estimulante para retirar a fralda.

• Crianças com TEA tem grande capacidade de aprendizagem com pistas visuais. Coloque placas ilustrativas de como fazer xixi e coco no banheiro.

Não adianta em nada essas recomendações se não forem cumpridas quando os pais estejam preparados, seguros, tranquilos e com tempo para dispensar nessa atividade.   Dá trabalho, mas é muito gratificante aos responsáveis e a criança ao conquistar o desfralde. Não desista.

Publicado por Elizabete Possidente

Formou -se em Medicina em 1994. Foi médica residente do Instituto de Psiquiatria da UFRJ de 1995 a 1996. Defendeu Mestrado em 1997 a 1999 pelo Departamento de Psiquiatria do Instituto de Psiquiatria da UFRJ. Durante muitos anos foi supervisora de Psiquiatria pela Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro. Foi médica perita em Psiquiatria no Manicômio Heitor Carrilho pela Vara de Execuções Penais da Secretaria Estadual de Justiça. Foi médica Psiquiatra e perita em Psiquiatria pelo Ministério da Defesa no Hospital Central do Exército e pela Auditoria Militar. Foi médica Psiquiatra e chefe do serviço de Saúde Mental da Policlínica Newton Alves Cardoso. Tem diversos artigos publicados em revistas médicas. Diversos trabalhos publicados em congressos nacionais e internacionais. Está sempre se atualizando e participando de eventos médicos nacionais e internacionais em Psiquiatria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: