Autora: Elizabete Possidente

Janeiro é o período do ano que é marcado por planos e metas para a maioria das pessoas. Muitos tem preocupação com a saúde e planeja uma vida mais saudável, iniciar uma atividade física e ter uma dieta mais equilibrada. Com isso surgiu um movimento no Reino Unido chamado “Dry January” em 2013 e que já foi adotado por muitos outros países.  O “Janeiro Seco” é o incentivo de não consumir bebidas alcóolicas durante todo esse mês.

O consumo de bebida alcóolica aumentou muito em todo o mundo desde o início da pandemia. Segundo a OMS no Brasil houve um crescimento mais rápido que a média mundial, especialmente entre os mais jovens.

Ainda que o consumo de bebidas alcoólicas tenha aumentado ao longo dos últimos dois anos, o projeto “Dry January” tem efeitos no longo prazo.

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Britânico demonstrou que após a Campanha, 7 entre 10 pessoas diminuíram a ingesta de bebida alcóolica, e ¼ das pessoas que bebiam em níveis “prejudiciais” mudavam para a categoria de “baixo risco” após Campanha.

Não será de um dia para outro que o organismo sinta o benefício de “sem  álcool”, pois, sabemos que o álcool permanece em torno de 72 horas no organismo.  

O sucesso da Campanha está associado a percepção pelo próprio indivíduo do impacto positivo no seu bem-estar. Os participantes percebem melhora na qualidade do sono, na disposição para atividade física e maior performance, melhora na concentração, no humor, na imunidade, no funcionamento do intestino e na sensação de bem-estar físico e mental. Também tem impacto positivo na estética por levar a perda de gordura, melhora na queda de cabelo, da pele e na redução de celulite.

O governo britânico percebeu que havia uma melhora na qualidade de saúde observados nos atendimentos a comunidade. Resolveu incentivar ainda mais a Campanha que lançou um aplicativo chamada “Try Dry” para os participantes. Através desse aplicativo há um monitoramento do consumo de álcool, definindo metas individuais e oferecendo informações sobre calorias e economia de dinheiro como estímulo a adotar medidas na redução ou suspensão de ingesta alcóolica durante todo o ano.

Recentemente o Instituto Britânico publicou que os participantes da Campanha Janeiro Seco notaram diversos benefícios nas finanças e na saúde física e mental, tais como:

  • 88% economizaram dinheiro que seria gasto em bebidas.
  • 82% relataram ter maior consciência do prejuízo que o álcool tinha em suas vidas.
  • 80% passaram a ter maior controle na quantidade da ingesta alcoólica.
  • 93% se sentiram realizados por conseguirem um mês sem álcool, aumentando a autoestima.
  • 76% conseguiram entender o motivo que faziam o beber e assim podem criar estratégias para proteger desse mal hábito.
  • 71% entenderam que podem se divertir sem álcool.
  • 58% perderam peso.
  • 57% notaram melhora na concentração
  • 54% notaram melhora na pele.

A grande maioria dos participantes relataram que se sentiram mais seguros a tomar decisões se vale a pena beber ou não e ter controle no tipo de bebida e na quantidade.

Recomendo a todos escolherem um mês para adotarem essa campanha de não ingerir bebida alcoólica. Substitua por sucos, chás gelados e drinks sem álcool. Tem muitas receitas de drinks gostosos e lindos na internet. Vamos cuidar da nossa saúde, pois, merecemos uma qualidade de vida melhor.

Publicado por Elizabete Possidente

Formou -se em Medicina em 1994. Foi médica residente do Instituto de Psiquiatria da UFRJ de 1995 a 1996. Defendeu Mestrado em 1997 a 1999 pelo Departamento de Psiquiatria do Instituto de Psiquiatria da UFRJ. Durante muitos anos foi supervisora de Psiquiatria pela Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro. Foi médica perita em Psiquiatria no Manicômio Heitor Carrilho pela Vara de Execuções Penais da Secretaria Estadual de Justiça. Foi médica Psiquiatra e perita em Psiquiatria pelo Ministério da Defesa no Hospital Central do Exército e pela Auditoria Militar. Foi médica Psiquiatra e chefe do serviço de Saúde Mental da Policlínica Newton Alves Cardoso. Tem diversos artigos publicados em revistas médicas. Diversos trabalhos publicados em congressos nacionais e internacionais. Está sempre se atualizando e participando de eventos médicos nacionais e internacionais em Psiquiatria.

Se junte à conversa

5 comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Olá Dra. Beth.
    Mas como fica aquele grupo de pessoas que tomam 1/2 cálice de vinho todo dia? Eles dizem que isso faz bem para a saúde.
    Agora, embolou…

    Curtido por 1 pessoa

%d blogueiros gostam disto: